Cinco razões pelas quais as pessoas se endividam


Gestão financeira é um tema muito discutido atualmente devido ao período ao qual estamos vivenciando, onde o consumismo ganha cada vez mais espaço. É muito comum encontrar pessoas que se atolam em dívidas devido a uma má gestão de suas finanças, não tendo consciência dos reais motivos que geram tal desordem.
O IBGE divulgou recentemente uma pesquisa que visava estudar as estruturas de consumo, dos gastos e dos rendimentos das famílias, possibilitando traçar um perfil das condições de vida da população, a partir da análise de seus orçamentos domésticos.

Dentre os dados divulgados, chama a atenção, a identificação de que 85,3% das famílias não conseguem pagar todas as despesas mensais com o que recebem. Isso abrange 41 milhões de famílias, que gastam mais do que ganham, significando 150 milhões de pessoas vivendo em domicílios endividados. Pensando nisso, listamos aqui 5 razões pelas quais as pessoas se endividam para que você possa escapar de tais armadilhas.


☹ Gastos além do ganho previsto
Gastos excessivos muitas vezes impulsionados por ofertas, promoções, busca por status social e até falta de reajuste de despesas de acordo do à mudança da renda é um dos motivos principais do endividamento. Como visto anteriormente, 41 milhões famílias gastam mais do que ganham mostrando uma escassez de educação financeira que acarretará em grandes dividas levando a inadimplência.

☹ Equívocos na forma de pagamento
Na hora de comprar, os consumidores acabam se endividando ao não escolherem as formas mais adequadas de pagar suas compras. Este equívoco é causado principalmente pela falta de conhecimento dos usuários em relação aos juros e taxas que cada forma de pagamento apresenta. Uma pesquisa levantada (Forex) mostra que os juros e taxas de cartão de credito, cheque especial, empréstimos e diversos financiamentos podem gerar uma dívida superior à renda acumulada de uma família de classe média.

☹ Analfabetismo financeiro
Atingindo até países mais desenvolvidos, o analfabetismo norteia as principais razões de endividamento mostrando a incapacidade de gerir as finanças trazendo consequências catastróficas. Ao ter conhecimento e compreensão da movimentação do dinheiro é possível ter uma vida mais funcional e assertiva e construir uma renda residual com mudanças significativas em pouco tempo.

☹ Incapacidade de administrar o dinheiro
Muitas pessoas apresentam dificuldade em administrar seu dinheiro, algumas adquirem dívidas inacabáveis, outras não conseguem ter uma quantia de segurança para emergências, comprometendo sua qualidade de vida e destruindo planos futuros. Uma boa tática é sempre refletir sobre os motivos que levam as pessoas a gastar sem limites, poucos investem tempo na gestão de seu orçamento, não tendo o controle de para onde o seu dinheiro está indo. Uma armadilha bem comum é abusar do cartão de crédito, sendo que recursos como esse implicam juros, exigindo bastante cuidado por parte de seus usuários, coloque no papel seus gastos e receitas e adote uma postura mais responsável com relação as suas decisões de consumo, evitando consumir por impulso, e assim, por meio do hábito, a gestão financeira fará parte da sua vida.

☹ Dificuldade de poupar
Em uma sociedade consumista a qual estamos inseridos hoje, onde novos produtos surgem muito rapidamente e o desejo de obtê-los também, a dificuldade de poupar está cada vez mais comum. Algumas pessoas não enxergam o quão importante é ter os objetivos em mente para que esses ajudem a manter o foco, utensílios como lista de compras são muito bem-vindos para que elas saibam do que realmente precisam, pois lugares como shoppings e supermercados podem ser uma grande armadilha para os consumistas. Muitas vezes os indivíduos agem por impulso na hora de adquirir um bem ao qual não precisam, então uma boa dica é esperar um dia para comprar algo, havendo o tempo necessário para pensar se aquilo realmente é fundamental. É válido separar 5% do que você ganha para investimento, basta adiar por algum tempo outro gasto menos essencial, pois possuir uma faixa de segurança é sempre vantajoso.


Saber os motivos pelos quais as pessoas se endividam é o começo de uma gestão financeira bem estruturada, possuindo fundamental importância na prevenção de surpresas desagradáveis e fazendo com que cada indivíduo repense suas atitudes.