MBTI – Teste de Personalidade

Desde o início dos tempos, viemos tentando descrever traços das personalidades dos indivíduos que compõem a sociedade. Pensando nisso, Katharine Cook Briggs e sua filha Isabel Briggs Myers, baseadas nas teorias de Carl Gustav Jung sobre tipos psicológicos, desenvolveram um indicador de características e preferências pessoais durante a Segunda Guerra Mundial.

O teste, conhecido como MBTI (Myers-Briggs Type Indicator) consiste em algumas perguntas, onde serão avaliadas características relevantes na composição da personalidade. Tais características são divididas em:
Mente (extrovertido/introvertido)
Energia (intuitivo/observador)
Natureza (pensante/sentimento)
Táticas (julgador/explorador)
Identidade (assertivo/cauteloso)

A partir de perguntas relacionadas a como a pessoa age em determinadas situações do dia a dia, são avaliados comportamentos e a intensidade das características que os compõe. Então, os dados são interpretados e a partir disso é montado um perfil, gerando resultados com descrições específicas como pontos fortes e fracos, relações românticas, amizades, paternidade, caminhos de carreira, hábitos no local de trabalho, possibilitando um autoconhecimento e, decorrente disso, um desenvolvimento enorme para quem se dispõe a fazê-lo.

Além disso, o teste também pode ser usado em lugares onde o convívio entre pessoas e o trabalho em equipe se faz necessário. Em empresas, por exemplo, o teste funcionaria como um avaliador de pessoas que indicaria quais delas trabalhariam muito bem juntas, em que função elas se encaixariam melhor, além de auxiliar inclusive na seleção de funcionários.